Santander rompe compromisso e demite durante pandemia

Eleição do Economus começa hoje e vai até 26 de junho
15 de junho de 2020
BB: Sindicatos conquistam avanços em negociações sobre Covid-19 com o Banco do Brasil
17 de junho de 2020
Mostrar tudo

Santander rompe compromisso e demite durante pandemia

Hoje, 16 de junho, é Dia Nacional de Luta contra as demissões no Santander!

Aprovado pela Comissão de Organização dos Empregados (COE), no último dia 10. Foram criados dois cards a serem postados nas redes sociais. Proteste. Denuncie o banco espanhol.

Compromisso rompido

O Santander rompeu o compromisso assumido com os Sindicatos dos Bancários, no último dia 24 de março, que garantia os empregos durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo matéria publicada no site jornal Folha de S. Paulo, no dia 9 deste mês de junho, o banco espanhol já iniciou processo de demissão, que prevê o corte de 20% do quadro de trabalhadores.

Em comunicado interno, o Santander nega as demissões. Em nota ao jornal, diz que a “informação não é verídica”. No entanto, afirma que o compromisso em não demitir durante a crise sanitária tinha validade de 60 dias, com prazo encerrado no final de maio. Pura balela.